Tecnologia em cirurgias: conheça os avanços e como tem beneficiado a área da saúde

7 minutos para ler

A inovação tecnológica já está presente no dia a dia de médicos e pacientes. Softwares e aplicativos médicos, agendas on-line e prontuários eletrônicos, por exemplo, facilitam cada vez mais a gestão de clínicas e otimizam o seu atendimento. Mas os avanços não param por aí, pois a tecnologia em cirurgias também já é realidade.

Entre as novidades em uso atualmente está a cirurgia robótica assistida, além de outras em pleno desenvolvimento, como a produção de órgãos artificiais. Com tudo isso, a verdade é que os benefícios dessa alta tecnologia aplicada à saúde prometem revolucionar a medicina.

Quer saber mais sobre como essa revolução acontece? Então, continue lendo este post para conferir as principais novidades em cirurgia e os maiores benefícios que elas trazem para profissionais e pacientes!

Como a tecnologia pode ser aplicada à saúde

Não é de hoje que a tecnologia vem sendo aplicada à medicina. A invenção do aparelho de raio-X, por exemplo, foi um grande marco na medicina diagnóstica — e, de lá para cá, as suas evoluções (como a ressonância magnética e a tomografia) continuam aprimorando os resultados e trazendo cada vez mais benefícios para a área da saúde.

O mesmo acontece no campo da comunicação. Desde o telégrafo até a internet, podemos citar a possibilidade de enviar exames e trocar informações entre médicos, bem como, mais recentemente, a saúde digital ou e-saúde (a reunião de dados sobre pacientes, medicamentos e patologias, podendo ser integrados com softwares e dispositivos).

Tamanha evolução possibilitou diversos estudos e pesquisas mais aprofundadas, aumentou a expectativa de vida e permitiu que condições que, antes, representavam risco de vida (como simples fraturas, por exemplo,) sejam hoje tratadas com técnicas minimamente invasivas.

Além disso, os próprios avanços da computação e da internet têm alcançado patamares inimagináveis, com a robótica, a edição genética, a nutrigenômica, a tecnologia 3D, entre outras. Equipamentos médicos mais modernos permitem diagnósticos cada vez mais precoces, e até portáteis, enquanto a telemedicina vem ampliando o acesso a exames, graças à emissão de laudos a distância e à redução de custos.

Essa união da internet e do móbile também garante mais autonomia ao paciente sobre sua própria saúde. O uso de dispositivos vestíveis (os wearables), por exemplo, promete ajudar os médicos no monitoramento e controle de seus pacientes, levando a medicina para fora dos hospitais e consultórios, para o dia a dia das pessoas.

Os principais avanços da tecnologia em cirurgias

Bom, com o surgimento de tantas possibilidades, era de se esperar que a inovação chegasse também à mesa de cirurgia — o que, de fato, não demorou a acontecer. Vejamos, então, quais são os principais avanços nessa área!

Cirurgia robótica

Inicialmente utilizadas pelos militares, em virtude da necessidade de atendimento a distância, as cirurgias robóticas já chegaram aos hospitais, inclusive os brasileiros. Embora ainda tenham um alto custo, seus benefícios são enormes, e com o avanço tecnológico, tendem a se tornar mais acessíveis em um futuro próximo.

Atualmente, a precisão dos braços robóticos já é superior à de um médico profissional, que agora participa da cirurgia manipulando essa máquina por meio de um console. Tamanha precisão garante intervenções minimamente invasivas e com resultados cada vez melhores.

Powered by Rock Convert

Nanorrobôs

Tendência em diversos setores, a nanotecnologia também está presente na área da saúde. Estudos recentes analisam a possibilidade de utilização de nanorrobôs no combate a células cancerosas, em ratos, com resultados promissores.

Além disso, a promessa é de que nanomáquinas podem ser utilizadas também no auxílio de cirurgias, na liberação de medicamentos direto na corrente sanguínea do paciente, entre outras aplicações.

Equipamentos avançados

Embora longe dos holofotes, os diversos equipamentos utilizados em uma cirurgia — como mesas cirúrgicas, monitores, mobiliário, focos cirúrgicos, aparelhos de anestesia etc. — também vêm se modernizando. Esse uso da alta tecnologia garante mais segurança e eficiência aos procedimentos, permite que o médico trabalhe com mais rapidez e aumenta a produtividade do hospital, como um todo.

Impressora 3D e órgãos artificiais

A tecnologia de impressão 3D permite hoje a criação de objetos e até órgãos artificiais, técnica que pode ser a solução para as filas de transplantes, por exemplo, além de vir sendo utilizada para aprimorar a preparação para cirurgias.

Um estudo realizado na Faculdade de Ciências Médicas de São Paulo, por exemplo, utiliza o ultrassom para reproduzir um modelo exato do coração do paciente no momento da sístole. Com isso, o cirurgião pode estudar minuciosamente os detalhes da região que apresentou problemas na contração e realizar a cirurgia para o tratamento de aneurismas do ventrículo esquerdo, no órgão real, melhor preparado.

Já no campo da transplantologia, os órgãos artificiais podem ser projetados especificamente para cada paciente, considerando suas características anatômicas e de tamanho, por exemplo.

Stents bioabsorvíveis

A tecnologia também vem impactando a criação de próteses utilizadas em cirurgias, como é o caso dos stents cardíacos. Trata-se de pequenas peças metálicas, inseridas por meio de uma angioplastia, usadas para alargar as veias no tratamento de obstruções de grau menos elevado.

Essas peças ficam no coração dos pacientes para o resto de suas vidas, e, como um corpo estranho, podem lhes causar alguns efeitos, inclusive rejeição. Já as versões biodegradáveis, produzidas com outro tipo de material, são reabsorvidas pelo corpo após cumprirem o seu papel.

Os maiores benefícios desses avanços em saúde

Os benefícios da tecnologia na medicina são mesmo incontáveis. Dos grandes feitos, como a possibilidade de cura de doenças como câncer e o fim da fila de transplantes, à otimização da rotina em hospitais e clínicas, com a melhoria no atendimento aos pacientes, maior eficiência, padronização de processos, redução do tempo de recuperação, diminuição da dor, entre outras. Podemos citar:

  • mais segurança — o uso de equipamentos e aparelhos mais precisos, tanto no campo diagnóstico quanto cirúrgico, e a utilização de prontuários eletrônicos reduzem os riscos de falhas humanas e erros médicos;
  • maior eficiência — graças às técnicas mais precisas, às imagens de alta qualidade e à possibilidade de visão aumentada ou mesmo de simulações de procedimentos;
  • melhor atendimento — a integração de informações, o uso de sistemas de gestão e a conectividade agilizam o atendimento ao paciente, da marcação da consulta ao pós-cirúrgico, facilitando a comunicação entre médicos, enfermeiros, demais profissionais e pacientes;
  • foco na prevenção — a automação na medicina e, em especial, a internet das coisas abrem possibilidades para um maior envolvimento do paciente no cuidado com a sua própria saúde, aumentando o foco em medidas preventivas.

Enfim, não há dúvidas de que o futuro da medicina está intimamente ligado à evolução tecnológica. Da telemedicina à tecnologia em cirurgias, podemos ver que as novidades são promissoras e prometem ampliar o acesso à saúde e a melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Agora que você já conhece as principais inovações tecnológicas em cirurgia, aproveite para entrar em contato conosco e conheça nossos produtos e equipamentos!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-