Acreditação ONA: o que é e como conseguir essa certificação hospitalar?

Acreditação ONA: o que é e como conseguir essa certificação hospitalar?
6 minutos para ler
MedicalwayPowered by Rock Convert

Acreditação ONA: o que é e como conseguir essa certificação hospitalar? No momento em que um hospital, serviço de diagnóstico por imagem, laboratório ou outra organização do setor de saúde conquista a acreditação ONA, a instituição comprova que adota um padrão de qualidade e segurança em seus processos. Com isso, ela consegue melhorar sua credibilidade para o mercado, para os profissionais de saúde e também para os pacientes.

Dessa forma, é uma certificação de grande importância, pois demonstra a excelência na parte de assistência e de gestão. Tem interesse em entender melhor o que é a acreditação ONA, as principais vantagens em conquistá-la, os níveis de certificação e quais etapas precisam ser cumpridas para obtê-la? Todas essas informações você encontra neste post. Boa leitura!

Afinal, o que é acreditação ONA?

Desde 1999, a Organização Nacional de Acreditação (ONA) — entidade não governamental e sem fins lucrativos — atua para que hospitais, clínicas e outras instituições de saúde possam alcançar um alto padrão de assistência, especialmente nos quesitos qualidade e segurança.

Sendo assim, a ONA é responsável pelo desenvolvimento e pela gestão dos padrões brasileiros nesses aspectos. A entidade conta com uma metodologia internacional, já que é integrante da International Society for Quality in Health Care (ISQua) — parceira da Organização Mundial de Saúde (OMS). Da ISQua, fazem parte instituições de qualidade à saúde dos Estados Unidos, do Canadá, da França e do Reino Unido.

Princípios

A acreditação serve para avaliar e certificar a qualidade dos processos de locais que prestam assistência à saúde, tendo como objetivo a melhoria contínua desses serviços. Ela segue três princípios:

  • voluntário: a entidade de saúde é que demonstra o interesse em passar pela avaliação;
  • periódico: é feita a avaliação para a acreditação e também durante o tempo de validade do certificado;
  • confidencial: os dados coletados nos serviços de saúde durante o processo de avaliação não são divulgados.

Entidades acreditadoras

O processo para a obtenção da certificação é realizado apenas por entidades acreditadoras credenciadas pela ONA e que utilizam como referência as diretrizes do Sistema Brasileiro de Acreditação e o Manual Brasileiro de Acreditação.

Quais os principais pontos avaliados?

Em geral, para serem acreditadas, as instituições têm o desempenho organizacional avaliados. Assim, elas precisam apresentar:

  • gestão por processos;
  • desenvolvimento de pessoas;
  • ética e transparência;
  • visão sistêmica;
  • exercício da liderança;
  • cuidado centrado no paciente, ou seja, adoção de uma abordagem humanizada;
  • foco na questão da segurança;
  • responsabilidade socioambiental;
  • cultura da inovação;
  • melhoria contínua.

Quais os benefícios de alcançar a acreditação?

Ao conseguir a acreditação, o hospital demonstra que modificou seus processos para atingir um alto padrão de qualidade definido pela ONA. Como são instituições que lidam com a vida das pessoas, torna-se um selo importante, uma garantia de que os pacientes vão receber um atendimento seguro e de excelência.

No decorrer de todo o processo para obter o certificado, há ainda uma mudança na cultura da organização, que passa a envolver todos os colaboradores para que aumentem sua produtividade, a identificar erros e riscos, e a atuar de acordo com boas práticas. Desse modo, além de aperfeiçoar o atendimento ao público, há uma melhora no ambiente de trabalho.

Nessa questão, é preciso destacar também a adequação do local com novas tecnologias, como equipamentos médicos e também softwares de gestão para integrar o trabalho das equipes e melhorar a comunicação entre os profissionais. Com isso, há agilidade nos fluxos de trabalho, o que pode até mesmo significar melhores resultados financeiros para a organização no futuro.

Em resumo, as principais vantagens de ter esse selo de qualidade são:

  • satisfação dos pacientes e confiança nos serviços prestados;
  • credibilidade da instituição de saúde;
  • educação dos profissionais;
  • integração maior entre os setores;
  • adoção das melhores ferramentas de gestão;
  • criação de uma cultura de melhoria contínua;
  • impulso para o aprimoramento tecnológico;
  • possibilidade de sair na frente da concorrência.

Quais os níveis de acreditação?

A acreditação da ONA pode ser conquistada em três níveis:

  • 1 (Acreditado): é válido por dois anos e concedido às entidades de saúde que cumprem os quesitos de segurança do paciente em todas as áreas, incluindo estruturais e assistenciais;
  • 2 (Acreditado Pleno): é valido por dois anos e concedido às entidades de saúde que, além da segurança, apresentam uma gestão integrada;
  • 3 (Acreditado de Excelência): é válido pelo período de três anos e concedido às entidades que cumprem os quesitos segurança, gestão integrada e também demonstrem a excelência em gestão.

Esse é um aspecto importante, pois permite que a organização de saúde se adapte gradativamente até conquistar o nível de excelência. Em outras palavras, pode ser considerado um programa educacional continuado, já que é revisto periodicamente.

Quais os principais passos para conseguir a certificação ONA?

Como dissemos, a participação no processo de avaliação é voluntário, sendo que instituições do setor da saúde de diferentes níveis, portes e complexidades podem conseguir a acreditação ONA. Para que a organização seja elegível, é preciso seguir os critérios:

  • estar legalmente constituída há, no mínimo, um ano;
  • ter alvará de funcionamento;
  • ter licença sanitária e licenças exigidas de acordo com a atividade que realiza;
  • apresentar registro do responsável técnico, segundo o perfil da instituição.

Além disso, é necessário arcar com as taxas de visita de acreditação ONA e das taxas de manutenção dessa certificação.

Ao concluir que sua entidade é elegível, ou seja, está com a documentação regularizada, o próximo passo é entrar em contato com uma instituição acreditadora credenciada pela ONA, que vai dar andamento a todos os processos de avaliação, elaborando, inicialmente, um plano de visitas.

Para se preparar e alcançar os quesitos exigidos, as organizações de saúde podem contar com o trabalho de auditoria interna e externa.

Hospitais, laboratórios, ambulatórios e outras organizações que prestam serviços de saúde podem melhorar seus processos de gestão e oferecer mais qualidade e segurança na assistência ao cumprir o que é exigido pela acreditação ONA. É, portanto, um selo muito valorizado no setor e que pode trazer uma série de benefícios para a instituição.

Você conhecia todo esse processo de certificação? Quer acompanhar outros posts para aperfeiçoar ainda mais seus serviços de saúde? É só assinar a nossa newsletter para receber mais conteúdos com essa temática diretamente em seu e-mail.

Medicalway - Entre em contato!Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-